Ultimas Atualizações

05 agosto 2017

A Primeira Ymbryne - Contos Peculiares (Ransom Riggs) - 1 Conto por dia #03



A primeira Ymbryne não foi uma mulher que se transformava em ave, mas uma ave que se transformava em mulher. Em uma família de milhafres nasceu Ymeene, uma ave que se transformava em mulher e trazia muitos problemas a sua família, sempre derrubando ninhos das árvores com suas transformações repentinas. Após perder parte da família em uma guerra, Ymeene decide partir e tentar conviver com humanos, os observou durante um tempo e pode aprender algumas palavras, para poder socializar. Ela encontrou uma vila com pessoas acolhedoras e resolveu ficar por lá. Mas o que ela não conseguia se acostumar era em dormir como humana, tinha que se transformar e dormir encolhida em um galho de uma árvore. 
Um dia um aldeão acabou vendo Ymeene se transformar em milhafre e voar para um galho, se animar. A aldeia toda ficou sabendo e ela acabou sendo expulsa da vila.
Após uma longa busca Ymeene encontrou uma vila de peculiares e acabou ficando por lá. Mas logo uma guerra estava por vir e ela descobriria que não só poderia se transformar em humana, mas que também tinha outro dom peculiar. 

Ainda não sei como expressar meu amor por esse conto.
Achei que ele se encaixa tão bem com todo o conhecimento que adquirimos sobre as Ymbrynes no decorrer da série.
A personagem é muito bem desenvolvida, e mesmo sendo um conto, podemos nos conectar com ela e nos apegar muito facilmente. 
Dentre os contos que li, esse com certeza ficará como um dos meus preferidos.
Para quem leu a série esse é um conto muito importante para entendermos melhor como algumas coisas foram descobertas. Além disso os comentários do editor inclusos no conto, nos explicam algumas coisas durante a narrativa.
Conto mais do que recomendado, para amantes da série de livros ou para quem ainda está na dúvida sobre o que encontrar nas páginas de O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares.



18 comentários:

  1. Oiii Giully tudo bem?
    Eu fiquei bastante surpresa e apaixonada assim como você, mas a diferença é que eu não li o conto, sei que seria uma ótima pedida, ainda mais que é uma ave que se transforma em mulher, quanto magia que há nisso menina, fiquei extremamente interessada, ótima dica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana,
      O Bom desse livro de contos é que você não precisa ler os outros livros da série para lê-lo. Claro, se fizer dessa forma, os contos farão mais sentidos e poderá lincar com acontecimentos da trilogia, mas ainda assim pode ser lido avulso.
      Beijos

      Excluir
  2. Olá!
    Eu ainda não li a série e já vi pelo seu comentário que não preciso necessariamente lê-los antes.
    Fiquei encantada com a sinopse e com a sua resenha. vou procurar para baixar no kindle. Adoro ler contos.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia,
      Os contos são independentes da série, mas é bom ter lido para pegar as referencias, mas caso não tenha interesse na série os contos são de completo entendimento.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá, nunca li essa série, mas fiquei bem curiosa, adoro ler contos e parece ser o tipo de leitura que eu com certeza gostaria :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda,
      Que bom que ficou curiosa, a série é realmente boa.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi!

    Fico feliz em saber que você gostou da leitura, li somente o primeiro livro demorei tanto pra entrar no ritmo que desisti da série. Uma pena, mas quem sabe uma hora eu tente ler de novo.

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi,
      Os livros da série alternam mesmo na fluidez da leitura, mas ainda assim achei a história maravilhosa.
      Beijos

      Excluir
  5. Olá!
    Não li esses contos, mas não é o estilo de leitura que me atraí apesar da sua resenha elucidar muito bem os pontos é apenas uma questão de gosto mesmo.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila,
      Que pena não te interessar. Mas gostos são muito diferentes mesmo.
      Beijos

      Excluir
  6. Oi Giully, a série n/ao havia me interessado, por isso este livro acabou não me interessando também. Mas fico feliz que você tenha gostado e que esteja firme no projeto.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose,
      Sim, o projeto está indo melhor do que eu esperava. Obrigada.
      Beijos

      Excluir
  7. A capa está muito legal.
    Sempre quando uma série nos conquista, adoramos quando tem conto né? haha. Beijos.
    Boas leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana,
      Normalmente não gosto muito de spin-offs, mas ainda assim eu adorei a leitura desses contos.
      Beijos

      Excluir
  8. Amo as Ymbrynes! Falar que sou doida para ler os contos seria pouco! Amo esse universo e fico ansiosa por novas histórias!

    ResponderExcluir
  9. Oi! Adquiri O Orfanato da Sta Peregrine recentemente e estou doida pra entrar nesse universo dos peculiares! O conto realmente parece trazer a tona mais informações a respeito de uma das personagens da história principal, e com certeza vou querer ler. Beijos! Dica anotada!

    ResponderExcluir
  10. Sou louca pra ler essa série, pois acho que ela trata de temas importantes, principalmente, sobre a questão das diferenças. O conto parece ser ótimo, com uma personagem cativante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá! Ler sobre os contos só me lembrou que preciso terminar a série. Estou com biblioteca de almas aqui separado pra ler. É falta comprar esse livro de contos que acho o mais lindo de Todos. Ah, tbm amo as ymbrynes!
    Bjs

    ResponderExcluir